SINJUSC acompanha novas nomeações e reforça necessidade de repor mais servidores

Mobilização por reposição no quadro/Arquivo SINJUSC

A Reposição de servidores do Judiciário Catarinense é uma pauta permanente do SINJUSC. Em 2021, em uma matéria de alerta sobre a terceirização imposta pela PEC 32, o sindicato trouxe o dado de 900 cargos vagos no Tribunal. Sempre vigilante e trazendo o alerta, o Sindicato pautou nos diálogos com o Tribunal, a importância de repor servidores.

Nesse ano, o Tribunal proveu 230 cargos efetivos. O SINJUSC fiscaliza essas nomeações e durante as visitas na Comarcas colhe informações in loco da realidade das comarcas, além de diversas contribuições enviadas pelos servidores. Esse trabalho resultou em recente ofício enviado ao Tribunal, em que se pede mais informações sobre a possibilidade de novas nomeações em determinadas comarcas que necessitam de servidores.

A reposição de quadro sempre foi um dos principais pleitos da categoria – que no ranking do mais produtivos entre os tribunais estaduais, também reivindica melhores condições de trabalho.

REPOR SERVIDORES É CUIDAR DA SAÚDE DO SERVIDOR|

O Sindicato entende que repor quadros vagos é cuidar da saúde do servidor. Menos servidores transfere mais responsabilidade aos que já trabalham, resultado: sobrecarga e cobrança excessiva por metas (ampliando possibilidade de violência moral).

A questão da saúde mental vem sendo trabalhada constantemente pelo Sindicato por meio de pesquisa de saúde com a UFSC, promoção de companhas de combate ao assédio e, recentemente, foi lançado o projeto Roda de Conversas Integrativas, em que os servidores, de forma coletiva, trazem problemas relacionados ou não ao trabalho. Próximo encontro está marcado para o dia 14/06, faça sua Inscrição AQUI.

As Rodas de Conversa, as visitas às comarcas, a participação dos servidores nas assembleias e envio de demandas são caminhos importantes para que o SINJUSC compreenda a realidade das comarcas e possa, além de teorizar a importância de repor quadro, conquistar essa reposição.

Série “Luta por concurso”: Sindicato cobra reposição de servidores desde 2017

O SINJUSC é a favor do Concurso Público, sempre!

Tribunal pode terceirizar todos os cargos vagos, que chegam a quase 900

3 Comentários

  1. Prezados, boa tarde.

    Se fosse possível, gostaria de saber quais são as comarcas e os cargos que foram solicitados no ofício encaminhado ao TJSC para a reposição do quadro de servidores.

    Desde já, agradeço pela atenção.

  2. Prezados, e como ficará a situação de Quilombo, que está com 4 cargos de técnico vagos e o Tribunal não nomeou ninguém?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *