STF adia julgamento da ADI 2135

O Supremo Tribunal Federal (STF) adiou desta quinta-feira para uma data ainda a ser confirmada o julgamento da Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADI) 2135, que trata sobre a quebra do regime jurídico único dos servidores públicos. A assessoria jurídica do Sindicato faria a sustentação oral representando todos os servidores públicos do país. O assessor jurídico do SINJUSC, Pedro Pita Machado, entregou memoriais aos ministros do Supremo, reforçando a tese dos trabalhadores. A transferência do julgamento ocorre porque o STF julga a repercussão geral sobre compartilhamento de dados da UIF e da Receita Federal.

Um comentário

  1. Pedimos a Deus, e a todos Menistros que está ADI 2135, seja colocado em pauta no 08/10/20, e seja aprovado. .. pois ja sofremos muitos..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *