Vigília na Alesc contra a reforma da previdência; amanhã é PA-RA-LI-SA-ÇÃO

O SINJUSC, junto com o Fórum dos Servidores Estaduais de Santa Catarina, esteve nesta manhã (03/08), em vigília na Alesc, contra a reforma da previdência. Em paralelo aos trabalhadores e sem atender qualquer chamado, os deputados aprovaram nas comissões de Constituição e Justiça (CCJ); de Finanças e Tributação; e de Trabalho, Administração e Serviço Público o texto da reforma da previdência, que vai a plenário amanhã (04/8). Apenas a bancada do PT fez objeção.

Os deputados favoráveis não demostraram qualquer tipo de preocupação em taxar os aposentados em 340%. O corte de salário será gigantesco. Trouxemos vários exemplos do impacto da reforma no salário do servidor, reveja AQUI.

No ato de hoje, a entrada no plenário foi liberada para apenas alguns dirigentes sindicais e, enquanto as lideranças acompanhavam a vergonhosa votação, outro grupo que vigiava do lado de fora da Assembleia soltava fogos como forma de protesto. Aos deputados, os fogos foram recebidos com alegria e entusiasmo, em comemoração o confisco de salário dos servidores aposentados e da retirada do direito de se aposentar com dignidade.

E os parlamentares já avisaram: outras reformas virão: “o serviço público é sempre o alvo das reformas. Taxar grandes fortunas, não! Cobrar os grandes devedores do Estado, não! Rever a política de isenção fiscal (que em 2022 chegará a R$ 14 bilhões, não”.!

É LUTAR OU MORRER TRABALHANDO!

Por todas as injustiças que a reforma da previdência expõe e que este sindicato não descansou JAMAIS para levar ao conhecimento da categoria e somar nos diversos atos, mobilizações, audiências públicas, entrevistas à mídia, CONVOCAMOS TODOS OS TRABALHADORES PARA A ÚLTIMA TENTATIVA DE BARRAR A REFORMA: PARALISAÇÃO, DIA 04 DE AGOSTO, ÀS 14H, NA FRENTE DA ALESC.

O SINJUSC arcará com os custos de deslocamento e hospedagem para os presentes na luta!  Para os que não puderem comparecer, orientamos que paralisem em seus locais de trabalho e aos que estão em home office, que não batam o ponto e que registrem manifestações em suas redes, compartilhando fotos de cartazes contra a reforma!

PRESSÃO VIRTUAL|

Você também pode ampliar a luta de forma virtual enviando mensagem para todos os demais deputados. CLIQUE AQUI e acesse o link “Na Pressão Contra a Reforma da Previdência”, com todos os contatos dos parlamentares. Procure pelo deputado de sua região, envie uma mensagem de Whatsapp, comente no Instagram, Facebook, ou envie e-mails para os parlamentares.

2 Comentários

  1. É UM ABSURDO PERDER VALORES DO NOSSO SALÁRIO, ABSURDO POIS FAZEM TEMPO Q NÃO RECEBEMOS AUMENTO.🙈🙈🙈

  2. Infelizmente encaminhei e-mail a todos os deputados, mas, pelo que vejo, não há mobilização possível, quando a intenção já está clara.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *