SINJUSC oficia CNJ e cobra participação dos servidores no Comitê Gestor Nacional de Saúde

Brasília (DF), 21/03/2017 - CNJ -Fachada - Foto, Michael Melo/Metrópoles

Oportunizando a presença no CNJ, o jurídico do SINJUSC oficiou o órgão reivindicando participação dos sindicatos e da Fenajud no próximo encontro do Comitê Gestor Nacional de Atenção Integral à Saúde de Magistrados e Servidores do Poder Judiciário.

Para embasar o debate, o Diretor Guilherme Peres, que é coordenador de Saúde e Previdência da Federação, pontuou que o relatório da Pesquisa Nacional de Saúde do Trabalho no Judiciário será apresentado ao CNJ. A intenção é construir, de forma conjunta, uma base nacional sobre a saúde dos trabalhadores no judiciário. E já com os dados dos Estados analisados, a efetiva criação de políticas preventivas.

Pesquisa Nacional
A pesquisa, uma parceria com o Laboratório de Psicodinâmica e Clínica do Trabalho da Universidade de Brasília (UnB), foi aplicada pelo SINJUSC e demais sindicatos filiados à federação, sob a coordenação da Fenajud e Fenajufe (Federação Nacional dos Trabalhadores do Judiciário Federal e Ministério Público da União). Os dados serão oficialmente apresentados em Brasília, nos dias 7 e 8 de junho.

Função do Comitê
O Comitê Gestor deverá orientar e monitorar, no âmbito dos tribunais, a execução de ações que promovam um ambiente de trabalho seguro e saudável aos profissionais do Poder Judiciário, sejam eles magistrados, servidores ou terceirizados. É escopo do Comitê auxiliar os tribunais em relação a definição de padrões mínimos de cobertura de planos de saúde e auxílio saúde dos servidores e magistrados, bem como a realização de convênios e parcerias entre tribunais e conselhos de Justiça para possibilitarem a contratação de planos de saúde com melhores condições para seus usuários.

Atualmente, o Comitê Nacional não possui nenhum representante dos trabalhadores públicos. O SINJUSC busca quebrar essa barreira e inserir a Fenajud nas discussões.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *