“Somos todas Anitas”| Anita Garibaldi deixa legado e incentiva rebeldia nas mulheres

Na segunda-feira (30/08), em comemoração ao Bicentenário de Anita Garibaldi, o Coletivo Valente realizou uma sarau online especial. Entre as diversas convidadas do dia, as integrantes do Coletivo Anita Garibaldi, de Garopaba, trouxeram a verdadeira história de Anita, contada na perspectiva de que Anita foi uma mulher revolucionária que serve de inspiração a tantas outras Anitas rebeldes.

As presentes também reforçaram que Anita é “por si só lendária e deve ser apresentada como tal e não como “a mulher de Garibadi.

“Giuseppe Garibald é conhecido por causa de Anita e não ao contrário. As mulheres são protagonistas da sua própria história e precisam ser lembradas como. Por isso, a importância de não romantizar a história de Anita”, reforçaram as mulheres presentes no evento.

Anna Maria de Jesus Ribeiro, que depois se tornaria Anita Garibaldi, nasceu no Sul de Santa Catarina e transcorreu sua vida na primeira metade do século XIX. Ela se envolveu diretamente nos acontecimentos da Revolução Farroupilha, quando foi proclamada a República Catarinense (ou Juliana), em 1839, na cidade de Laguna, onde ela vivia.

ANITA É NOSSA!

Na programação do sarau, diversas mulheres tiveram espaço de fala para expor a quais lutas se dedicam: mulheres pela descriminalização do aborto, Direitos LGBTQIA+, direitos reprodutivos, fim da violência de gênero, maior participação das mulheres na política, luta pela terra (mulheres campesinas), entre outras diversas lutas que o Coletivo Valente apoia e também se dedica.

Com tema relacionada à Anita, o Coletivo Valente sorteou livros, camisetas e uma boneca “Anitinha” confeccionada pela servidora aposentada Vera Lucia Correa Pra. Também teve apresentação musical com a cantora Ana Nasário.

O sarau foi encerrado com declamação da artista Cristina Cardoso Rodrigues, que compõe o CTG de Arte e Cultura Querência Açoriana, da região de Palhoça. Rodrigues declamou “Somos Anita” – Alma Gaudéira, de Fernando Espíndola e com adaptações de autoria de Cristina.

O Coletivo Valente agradece a luta de todas as mulheres presentes:

Zenaide Collet
Cristina Cardoso Rodrigues
Cristiane Pedrini Ugolini
Elaine Sallas
Gabi Sagaz
Fafá Capela
Marlete Oliveira
Paula Guimarães
Cida Dias
Eliete Cristina Dornelles Barreiras
Ana Nasário

EXPOSIÇÃO E MOSTRAS SOBRE A VIDA DE ANITA, EM FLORIANÓPOLIS|

O Museu Histórico de Santa Catarina/Palácio Cruz e Sousa, na capital, recebe a exposição “Anita Garibaldi 200 anos: Vida, Coragem e Paixão”. A visitação segue aberta até 31 de dezembro deste ano. A exposição está dividida em dois ambientes: a parte interna conta com obras de arte que retratam Anita Garibaldi e a parte externa (jardim) terá painéis com textos e imagens que contam passagens importantes da vida da protagonista. A entrada é gratuita e foram disponibilizadas atividades interativas, por meio da página do MHSC no Facebook.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *