SINJUSC solicita retomada dos processos de remoção; são aproximadamente 500 cargos vagos

O Tribunal tem hoje aproximadamente 500 cargos vagos e todos os meses novos saem novas aposentadorias. Para além da necessidade de continuar convocando novos servidores concursados, requeremos a retomada do processo de remoção para os atuais servidores, que têm prioridade na lotação.

No ofício protocolado, reforçamos que as remoções não implica despesa financeira ao Tribunal de Justiça e ainda possibilitam que muitos servidores consigam estar mais perto de suas famílias e possam se reorganizar de maneira mais adequada neste momento de pandemia, o que certamente favorece o trabalho. As remoções também podem significar melhores condições e conforto para muitos servidores.

Desde o começo da pandemia somos lembrados pela alta produtividade, mas muito esquecidos no quesito valorização. Estamos cansados, sobrecarregados e muitos até adoecidos. Fizemos uma pesquisa há alguns meses que constatou esses fatores e que se fosse repetida hoje, os números seriam ainda mais altos.

Apesar de termos apontado margem financeira para atender muito dos nossos pedidos da pauta de reivindicação, há muitos outros pedidos, como esse das remoções, que não oneram o Tribunal e a motivação por parte da Administração é apenas o reconhecimento do quanto temos trabalhado.

Tribunal, vamos conversar?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *