SINJUSC dialoga e forma comissão de saúde nas comarcas

O SINJUSC voltou às comarcas para dialogar sobre o retorno, (des)congelamento, data-base, reforma administrativa, bem como formar a representação de base e comissão de saúde. Guaropaba (01/10) e Indaial (02/10) foram as primeiras desta rodada que se iniciou.


Depois das reuniões regionais realizadas em junho, agora a ideia é percorrer virtualmente todas as comarcas do Estado. Estar próximo para prestar informação aos servidores e ouvir as demandas. Construir juntos saídas para problemas que precisam de solução.

Entre eles, podemos relatar a grande preocupação, e que também não é novidade, em relação a saúde física e mental, sobretudo acentuada neste período de pandemia e que exige um olhar atenção no pós-pandemia (e já no retorno gradual). Conforme já abordamos inúmeras vezes, a mistura entre local de trabalho e local de descanso (que é a nossa casa) causa, ao longo do tempo, problemas de ordem psíquica. Além disso, a inadequação do espaço do fórum também é motivo de preocupação.


Pelo menos, nos primeiros relatos as informações é de que não há muito movimento nos fóruns, apesar de alguns poucos advogados insistirem em atendimento não urgentes e sem agendamento.


Foi enaltecido de que com o aumento das modalidades de trabalho em casa (home-office e teletrabalho) evidencia-se, também, o surgimento de novos direitos, como o direito ao desligamento (ou desconexão). Especialistas falam que é fundamental que haja uma diminuição na carga horária, que, além de colaborar com a saúde mental e física do trabalhador, ajuda no aumento da produtividade (e não ao contrário, como muitos pensam).


Tudo isso foi conversado e debatido em Garopaba e Indaial, formando em cada uma das comarcas uma Comissão de Saúde para que os próprios colegas possam debater e trazer ao sindicato demandas relacionadas à saúde física e mental, seja relacionado às pessoas que estão em home office, mas também nos casos dos colegas que no revezamento do retorno gradual. Obviamente, importante ressaltar, que outros assuntos de interesse podem (e devem) ser trazidos ao sindicato.


Nas próprias conversas vários outros assuntos foram tratados e excelentes propostas surgiram para melhorar as atividades do sindicato.
Semana que vem já temos agendado reuniões com Itaiópolis e Imaruí. Programe-se para participar na sua comarca.

Sua opinião importa e pode fazer a diferença no seu trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *