SINJUSC defende a vida e a vacinação gratuita para todos!

Um dia após Santa Catarina REGISTRAR 226 MORTES EM 24 horas, o SINJUSC participou hoje (07/04), Dia Mundial da Saúde, de ato em defesa da vacinação gratuita para toda população.

A mobilização simbólica e com todos os cuidados sanitários uniu sindicatos e movimentos sociais na frente da residência oficial do governo, em Florianópolis. Faixas posicionadas na direção dos carros que circulavam na Avenida Beira-mar dialogavam sobre a importância do serviço público no trabalho de linha de frente da pandemia.

Cruzes foram fixadas nos canteiros em homenagens às vítimas da Covid-19 em Santa Catarina.

Além do ato no palácio oficial do governo, faixas cobrando a vacinação foram colocadas em diversos pontos de Florianópolis e também nas Comarcas de Indaial e de Blumenau.

Comarca de Blumenau
Comarca de Indaial

Não se pode normalizar a morte de mais de 4000 pessoas por dia, em uma situação em que já existe uma solução: vacina. A maioria destas perdas era evitável.

Em um país onde 119 milhões de pessoas vivem em insegurança alimentar, ou seja, não tem certeza da comida na mesa, o enfraquecimento do serviço público (no qual o judiciário está incluído) somente agravará esta situação.

A compra de vacina privada irá gerar mais uma desigualdade: as pessoas que podem pagar pela vacina e as pessoas que não podem. E, com isso, sabemos exatamente para que lado recairá a morte. Não podemos cair neste armadilha da compra privada de vacina.

O desespero é grande, sabemos. Mas é preciso analisar friamente a situação e observar quem são os responsáveis por isso, no caso, quem faz a gestão de saúde onde morreu mais gente em 3 meses, do que no ano inteiro de 2020, como no caso de Florianópolis.

Estado tem quase 822 mil infectados desde março de 2020, sendo que 11,5 mil morreram. Aguardam por um leito de UTI Covid 200 pacientes.

Vacinação lenta e má gestão

Neste momento, segundo imprensa local, SC é o 10º estado no ranking de vacinação, com aplicação de 60% das doses que foram recebidas – o governo federal enviou pouco mais de um milhão de vacinas, e o Estado aplicou 639 mil. A população adulta de Santa Catarina é de 5,4 milhões de pessoas. Um levantamento da Diretoria de Atividades Especiais do Tribunal de Contas (TCE-SC) mostrou que SC precisa quadruplicar vacinas para imunizar adultos até o fim do ano.

Chega de mortes!

Chegas de descaso!

Vacina já!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *