SINJUSC aguarda prazo para manifestação na ação do confisco da aposentadoria

O SINJUSC informa aos aposentados que aguarda a abertura de prazo para manifestação na ação que pede a suspensão da cobrança de 14% dos aposentados que recebem até o teto do INSS (R$ 6,4 mil). Em dezembro, o Tribunal de Justiça de Santa Catarina acatou parcialmente o pedido do SINJUSC e deu liminar favorável, no entanto dias depois, a liminar foi cassada.

O jurídico está estudando a melhor estratégia para defender os aposentados, que tiveram imensa redução de salário. Vários são os relatos que chegam ao sindicato da abusiva e abruta corrosão salarial que sofreram aos aposentados. Muitos estão recorrendo a empréstimos com juros abusivos para manter a dignidade.

Batalha judicial é parte da disputa contra o confisco da previdência

Nesse ponto, cabe lembrar os responsáveis pela humilhação que os colegas estão passando: os deputados estaduais que aprovaram a reforma da previdência. Em destaque, o deputado Ricardo Alba (PSL), servidor do TJSC, que votou contra os aposentados e confiscou 14% de salário! REVEJA AQUI O NOME DE CADA DEPUTADO!

AUDIÊNCIA COM A PROCURADORIA-GERAL DE JUSTIÇA|
O SINJUSC também tenta outras alternativas e preocupado com a situação dos aposentados, teve audiência com a Procuradoria-Geral de Justiça. A reunião foi somatória de esforços com o Fórum dos Servidores Públicos de Santa Catarina! O que se busca é sensibilizar as entidades da nocividade das mudanças! O Procurador de Justiça Paulo de Tarso Brandão participou do encontro.

16 Comentários

  1. Estou fazendo emprestimos em banco pars honrar compromisso como pode tirar 1289.00 dos aposentados vergonha deputada Alba e quem os acompanhou. Vamos divulgar os nones destes deputados em jornais na eleição

  2. Tive o mesmo desconto q o colega acima. Será q esses deputados desalmados têm noção do que essa quantia significa para nós aposentados, afundados em consignados? Eles nem sequer imaginam a nossa realidade.

  3. É um desrespeito com os coitados dos aposentados!!! Muitooo desconto, acabaram com a vontade de se aposentar

  4. É um desrespeito com os coitados dos aposentados!!! Muitooo desconto, acabaram com a vontade de se aposentar , além de tudo

  5. Imaginem : aposentados sem paridade , há quase 6 anos sem aumento, e de presente uma garfada de 14% para o Moisés . O que já era ruim , ficou pior!

    • É verdade!!! Esse Moisés deveria se envergonhar de ficar fazendo média nas redes sociais achando que vai se reeleger, pois eu duvido!!!

  6. Sou aposentado sem paridade. Esperava reposição em janeiro, o que não aconteceu. Vou continuar recebendo o mesmo de seis anos atrás?

  7. Senhores Deputados/ as porque não tiram esse balor dos seus salários /bolso, que foram conquistados através dos votos de tantos trabalhadores honestos, e responsáveis pelos compromissos assumidos.
    Todos nós se programou, contando com esse valor, (que pra vocês pode ser irisório), mas pra nós,é uma quantia que nos dá, ( não o conforto e mordomia, que vocês tem) mas a dignidade, de dar a nossa família, uma vida mais digna (e merecida) pelo trabalho realizado com muita cobrança e esmero.
    Pra agora, sermos desrespeitados de uma maneira tão vergonhosa da parte de vocês.
    Eu não teria como dormir tranquila tendo votado a favor de tamanho descabido.
    Que possam colocar a mão na consciência e assim, voltar atraz.
    Pois estamos todos/as escaldados e consciêntes de que as eleições estão aí, e saberemos retribuir com a mesma moeda.
    Podem ter a certeza!
    Minha solidariedade aos colegas que estão tendo também a ter que recorrer de empréstimos para saldar compromissos importantes.
    Tendo que retirar até alguns alimentos e lazer com a família.
    Sem falar dos remédios.
    Resultado de noites mal dormidas, pensando em como terminar o montante de trabalho que era cobrado diáriamente.
    *Minha indignação não cabe aqui*.
    ( o que pra ELES é *fichinha*

  8. Boa tarde!
    É elogiável saber que o SINJUSC está na luta sobre o confisco.
    Mas, acho que o Sindicato deveria acionar juridicamente o TJ, o Estado ou o Iprev ( ? ) para que cumpram o que determina o artigo 2º da Emenda Constitucional 41/2003 e o § 8º do artigo 40 da Constituição Federal, com referência aos aposentados sem paridade.
    É inacreditável e vergonhoso que servidores aposentados sem paridade ficam tantos anos sem receber reajustes em uma afronta e um desrespeito a nossa Lei Maior.

    • Essa é mais uma dura lição a que somos submetidos, mas não é a primeira. Alguém esperava algo promissor da Alesc? Do Dep. Alba? Ou podemos esperar algo do Congresso Nacional?

      Enquanto se arvoram como defensores dos “bons costumes”, defensores da moral e contrários à corrupção, os parlamentares arrancam cada centavo do trabalhador.

      Eis a lição, a importância de pensar “à esquerda”. Sempre.

    • Também acho louvável a ação do sinjusc contra o confisco
      Mas o TJ pode amenizar essas perdas com alguma verba suplementar como a equiparação do auxílio social ao auxílio alimentação
      Esperar esperar faz desesperar
      Os aposentados tem URGÊNCIA

  9. Quando o Sr Moisés vai pagar os reajustes dos aposentados sem paridade dos ultimos 4 anos??? Para tirar os 14% foram bem rápidos!!! Mas para nos pagar o que deve esqueceram!!! Indignação é pouco!!! Nós aposentados dedicamos uma vida servindo os catarinenses e hoje somos esquecidos, invisiveis as autoridades desse mesmo Estado.

  10. Estou com um prejuízo de 15% na minha aposentadoria diante de um desconto pela expectativa de vida, com isso hoje diante de uma inflação camuflada, aumentou ainda mais a minha dificuldade de sobrevivência. A saúde também foi colocada pra escanteio, o plano médico não existe mais quando você mais precisa.

  11. Eu tinha isenção definitiva de dois tetos, por decisão judicial, por ser portador de doença grave.
    Agora eles falaram que a minha isenção é somente sobre um teto.
    Desrespeitaram uma decisão judicial, pior, não fizeram nenhuma intimação para que pudesse ser feita uma defesa.
    Minha sugestão é que o Sinjusc entre com mandados de segurança, com pedido de liminar, ações individuais, só abarrotar o Judiciário de ações.

  12. Sou aposentado isento do pagamento do iprevi por doença grave. Gasto o equivalente ao que me foi tirado com exames, consultas e medicamentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *