Requerido adiantamento da segunda parcela do 13º dos aposentados

Requeremos à administração do Tribunal de Justiça que antecipe o pagamento da segunda parcela do 13º para este mês de setembro. Sublinhamos  que o benefício possa ser concedido a todos os servidores, sendo dada prioridade a aposentados e pensionistas.

O pedido se faz extremamente e necessário e possível. Sem a garantia da reposição inflacionária do último ano e com perdas importantes pela não equiparação do auxílio médico social ao auxílio alimentação (solicitação feitas pelo SINJUSC na campanha de data-base), uma parcela importante dos aposentados vem enfrentando dificuldades em sua subsistência.

O Núcleo de Aposentados e Pensionistas (NAP) vem atuando fortemente com  reuniões e debates para fortalecer a luta.  E vários são os relatos de colegas com dificuldades financeiras neste momento de pandemia, sobretudo relacionadas à saúde.

Conforme publicamos, em um ano, o servidor aposentado do Tribunal de Justiça tem perda salarial de R$ 8.352, em virtude da diferença entre os valores do auxílio-alimentação e do auxílio médico-social. E ao se considerar o corte em 2015, e a diferença entre os auxílios até julho deste ano, a perda chega a R$ 41,8 mil.

Reajustar é valorizar quem tanto produziu, por anos, dentro do Judiciário.
Tribunal, vamos conversar?

Um comentário

  1. CONCORDO COM A EQUIPARAÇÃO DO AUXÍLIO MÉDICO SOCIAL PERDEMOS MUITO QUANDO NOS APOSENTAMOS.ESSE DESFALQUE FAZ MUITA FALTA PARA NÓS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *