Plenária do 9º Congresso aprova tese e encaminha Grupos de Trabalho

Coletividade. Formação de comunidade. Essa era a atmosfera do 9º Congresso do SINJUSC durante os três dias de atividades, que aconteceram nos dias 26,27 e 28 de maio, em Florianópolis.

Mesas e debates potentes, participação ativa dos trabalhadores e trabalhadoras na construção dos caminhos que o sindicato irar trilhar nos próximos anos.

A Plenária do dia 28/05 selou um compromisso de construção coletiva em torno dos seguintes eixos:

1) Consciência de classe;
2) Luta contra o desmonte do Estado; luta contra as políticas privatistas;
3) Saúde do trabalhador;
4) Combate ao assédio;
5) Construir coletivamente uma proposta de reestruturação de funções e atribuições com o a devida valorização remuneratória;
6) Defender a redução da jornada de trabalho e o direito ao desligamento;
7) Regulamentação humanizada do trabalho não presencial;
8) As utopias de uma sociedade justa, fundada na equidade, na defesa dos direitos humanos, do feminismo, no combate ao racismo e à descriminação e ao bem viver;

A dinâmica do dia iniciou com a apresentação dos debates realizados nos 3 Grupos de Trabalhos que se reuniram no dia anterior (GT 1 – Saúde Mental e Tecnologia; GT 2 – Neoliberalismo e o ataque aos direitos da classe trabalhadora; GT 3 – Condições remuneratórias e estruturais dos trabalhadores do judiciário de Santa Catarina).

Com isso surgiram as propostas de alterações na tese guia, a partir dos eixos acima expostos.

Com os devidos ajustes, a tese foi aprovada por unanimidade. Leia a versão final aqui!

Além disso, encaminhamentos importantes surgiram das discussões:

  1. Formação de um GT para Construir coletivamente uma proposta de reestruturação de funções e atribuições com o a devida valorização remuneratória (ponto 5 da tese);
  2. Formação de um GT para debater sobre a democratização do judiciário;
  3. Promoção, por parte do sindicato, de debate sobre as eleições, focada na questão dos serviços públicos e papel do Estado;
  4. Manifestos contra a PEC 32/20 (reforçando as posições anteriores), PEC 63/13 (adicional de tempo de serviço para magistratura), PEC 206/19 (que cobra mensalidade das universidades públicas).

Agora, a Diretoria do SINJUSC trabalha para organizar todos estes encaminhamentos e trazer propostas de datas para os encontros dos GTs.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *