O Afeto é Revolucionário

Foto: Coletivo de Negros e Negras do Judiciário Catarinense

Por: *Rossano Lopes Bastos

O encontro do coletivo de igualdade racial do Sindijus/RS, teve lugar no último fim de semana (28/11), de novembro, em Pelotas/RS num local muito especial para os negros e negras chamado Charqueadas de São João.

O Coletivo de negras e negros do judiciário de Santa Catarina se fez presente e atuante, juntamente com a diretoria do SINJUSC, na pessoa do diretor financeiro Luiz Zolet. O SINJUSC oportunizou a participação de 7 pessoas que juntamente com os participantes do Sindijus, da Fenajud, companheiras(os) do Paraná, Amapá e várias(os) lideranças negras políticas locais e estaduais puderam neste encontro que foi muito potente, pujante, repleto de espiritualidade e ancestralidade, avançar na luta antirracista.

O encontro para além do congraçamento dos participantes, foi um momento de formação e discussão dos caminhos que a luta antirracista deve percorrer e o papel das trabalhadoras e trabalhadores dos Judiciários do PR, SC e RS podem desempenhar neste contexto.

O encontro mostrou sobretudo a força e a organização do negros e negras do Judiciário do RS, e a qualificação do debate ficou demonstrada nas apresentações tanto lúdicas como expositivas que instigou um debate de alta qualidade. Foram abordadas questões como o racismo estrutural na sociedade e sua replicação no Judiciário e as formas de enfrentamento deste flagelo.

Por fim, restou demonstrado a necessidade de avançar com mais força e rapidez nas pautas transversais que contemplam o racismo, o sexismo e classe trabalhadora.

Parabéns as negras e negros que construíram este lugar de acontecimento. Axé.

*Assessor do SINJUSC e do coletivo de negras e negros do Judiciário de Santa Catarina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *