Negocia, TJSC!

A Direção do SINJUSC novamente buscou a administração do Tribunal para tratar da pauta da categoria, em reunião realizada ontem (19/08). Desde a aprovação da Reforma Previdência do Estado, no dia 04 de agosto, o SINJUSC tem reforçado o diálogo com a Administração do TJSC, com o objetivo de construir soluções que possam remediar as perdas salariais, sobretudo aos aposentados.

A  interlocução do sindicato com a administração está focada em dois pontos principais.

  • O primeiro está relacionado aos dados econômicos, em especial o tripé: a) atual crise econômica do País; b) prejuízos acumulados pelos servidores com a reforma da previdência, o não pagamento da reposição inflacionária de 2021 e os custos decorrentes do trabalho não presencial; e, c) atual situação financeira do TJSC e os valores economizados pela instituição no ano de 2020.
  • O segundo ponto é sobre a disponibilidade do SINJUSC em negociar e construir soluções que possam compensar o arrocho que está sendo experimentado por servidores ativos e inativos.

A categoria que tem quebrado todos os recordes de produção durante a pandemia merece ser ouvida e valorizada. O SINJUSC se mantém mobilizado junto com os trabalhadores para que as negociações avancem com o reconhecimento dos esforços empreendidos pelos servidores neste período da pandemia.

NEGOCIA, Tribunal!

Vem pra assembleia, dia 26/08

Na próxima quinta-feira, o SINUSC realiza a assembleia geral da categoria. A data-base e mobilização para avançar estarão na pauta. A assembleia será realizada de forma virtual, com transmissão ao vivo na frente do Tribunal. Para fazer a sua inscrição clique aqui. 

3 Comentários

  1. E a retomada da reposição inflacionaria agora que o governo estadual quebrou o parecer do TC e deu aumento aos professores.

  2. Acredito que seja o momento de retomarmos a discussão em torno de reestrutura de carreira e PCS. Penso que seja a maneira mais contundente de sanarmos isso, tendo em vista sermos um dos poucos que não passaram por tal processo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *