GT sobre restruturação de cargos acontece no dia 24/09; faça sua inscrição

GT de restruturação foi formado durante o Congresso Congresso do SINJUSC, em maio desse ano

O SINJUSC convida todos os trabalhadores e trabalhadoras para o Grupo de Trabalho sobre reestruturação de cargos, que acontece na próxima semana, dia 24 de setembro, das 9h às 17h. O encontro será híbrido, com transmissão online. Para participar, faça sua inscrição AQUI.

O GT do dia 24 oportuniza à categoria e sindicato a discussão das condições de trabalho nas comarcas. Recentemente, o SINJUSC fez uma pesquisa em que tabelou todas as atribuições e funções dos servidores nas comarcas: em qual cargo trabalha, para qual prestou concurso, em quais condições trabalha, disfunções, a dinâmica do trabalho (presencial e teletrabalho), entre outras informações.

Este GT de restruturação foi formado durante o Congresso Congresso do SINJUSC, em maio deste ano.

VIRTUALIZAÇÃO DO TRABALHO, ACÚMULO DE ATRIBUIÇÕES, INCOMPATBILIDADE DA REMUNERAÇÃO, DISFUNÇÃO E SAÚDE

A ideia é construir coletivamente um material que possibilite visualizar a quantidade de alterações que ocorreram nos cargos e funções, sobretudo pelo acumulo de atribuições e na dinâmica do trabalho a partir da virtualização dos processos. E tudo isso sem que a política salarial acompanhasse estas alterações.

Em tempos de trabalho não presencial é fundamental discutir uma reestruturação dos cargos e funções do judiciário catarinense e que isso nasça de dentro da categoria organizada.

Esses e outros pontos convergem para um debate amplo e com participação dos trabalhadores sobre o futuro do trabalho e como ele dever ser dentro do poder judiciário catarinense. Por isso, a importância da presença de muitos e muitas. Faça sua inscrição aqui.

5 Comentários

  1. Eu só quero que caia a limitação/vinculação da gratificação de nível superior ao padrão 7A!!!

  2. Penso que, além das pautas informadas na matéria, poderíamos dialogar sobre a quebra do limitador bem como uma pauta sólida para um novo plano de carreira, seja por meio de criação de mais níveis apenas, ou uma remodelação. Com muita luta o sindicato tem conseguido ganhos positivos e acho que com a atual gestão podemos enfim resolver essa situação antiga de servidores chegarem no teto rápido (por mérito claro) e dependerem apenas do triênio para aumento de ganhos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *