Formada união entre sindicatos em defesa da data-base

Em defesa da reposição inflacionária de 2,4%, articulamos luta unificada com outros sindicatos do Estado. Por isso, estivemos reunidos com lideranças sindicais do Sindicato dos Servidores da Assembleia Legislativa de Santa Catarina (Sindalesc), Sindicato dos Servidores do Ministério Público de Santa Catarina (Simpe), Associação dos Professores da Udesc sub seção sindical da ANDES (APRUDESC) e Sindicato dos Servidores do Tribunal de Contas do Estado de Santa Catarina (Sindicontas), que também estão em luta pela data-base.

A ideia é organizar uma luta unificada com os poderes e mobilizar todas as bases para ampliar o reconhecimento.

Além disso, para debater o centro da negativa da data-base que também encontra respaldo no ataque ao serviço público (reforma administrativa e LC 173), dialogamos com o Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Santa Catarina (SINTE-SC).

Ampliar a luta
Os sindicatos acompanham as movimentações e estão em alerta, mas é preciso que os servidores também participem dos chamados dos seus sindicatos e se posicionem em defesa da reposição e contra a reforma administrativa.

Os caminhos de luta estão em diversas frentes: compartilhar e comentar os conteúdos postados nas redes sociais, se manifestar publicamente nas redes, votar nas enquetes abertas pelo congresso (reforma administrativa), enviar fotos pela data-base (saiba aqui como). A participação de cada um é importante para avançar e manter Direitos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *