Em parceria com Fenajud, Fenajufe e UNB, SINJUSC promoverá pesquisa de saúde do trabalhador

Com coordenação do Laboratório de Psicodinâmica e Clínica do Trabalho da Universidade de Brasília (UnB) e apoio das federações, o SINJUSC promoverá Pesquisa Nacional de Saúde do Trabalhador e Trabalhadora do Judiciário. A expectativa é que ela seja aplicada ainda neste mês de Outubro, e participarão também os trabalhadores do Ministério Público da União.

A pasta relativa à saúde e previdência da FENAJUD é coordenada pelo diretor do SINJUSC, Guilherme Peres Fiuza Lima, o qual diz “a Pesquisa Nacional de Saúde será um marco para os trabalhadores do judiciário. Ela irá identificar e demonstrar os danos à saúde causados pelo excesso de trabalho de forma sistemática, em todo o judiciário nacional (estadual e federal), tudo sob o crivo científico da Universidade de Brasília, uma das melhores do país.”

Além de definir o perfil sociodemográfico da categoria, os dados obtidos devem identificar as situações de assédio moral e suas diversas formas de violência, com a intenção de construir políticas de combate a essas práticas abusivas e gestões autoritárias.

A doutora em psicologia social do trabalho e uma das responsáveis pelo laboratório deste tema da UNB, Prof. Ana Magnolia Mendes, explica que o protocolo da pesquisa, que será via formulário online, irá abordar quatro eixos: as relações de trabalho e o modelo de gestão adotado na unidade, sofrimento relacionado ao trabalho, gerado por fatores como a falta de reconhecimento, o sentimento de inutilidade entre outros. O terceiro e quarto versam sobre o valor do trabalho para o servidor e instituição. Juntos buscam identificar os danos físicos, psicológicos e sociais causados pelas relações de trabalho.

Segundo a profissional, com os resultados mensurados será construído uma base nacional de dados que serão instrumento da Luta por melhores condições de trabalho. Também se almeja debater os dados junto com o Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Fiquem atentos aos chamados do Sindicato e participem da pesquisa. Responder é um passo importante à proteção e à prevenção da saúde de todos.

UNB – referência nacional em pesquisa de saúde do trabalhador

O Laboratório de Psicodinâmica da UnB realizou pesquisas importantes para tribunais regionais como Mato Grosso e Pernambuco, bem como para o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e alguns sindicatos. As patologias do trabalho foram temas de pesquisas sobre assédio moral no Itamaraty (veja aqui), na Polícia Federal (veja aqui e aqui), nos bancários (veja aqui), e com os trabalhadores do judiciário do Rio de Janeiro (veja aqui).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *