Em parceria com a UFSC, SINJUSC prepara nova pesquisa de saúde

Com abrangência nos três Estados do Sul, o SINJUSC organiza uma nova pesquisa de saúde, com foco nos impactos psicossociais do trabalho não presencial durante a pandemia. O estudo será realizado pelo Fazendo Escola com o respaldo científico da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), por meio do Núcleo de Estudos de Processos Psicossociais e de Saúde nas Organizações e no Trabalho (NEPPOT). No dia 14 de outubro será realizada uma live de lançamento.

Além do SINJUSC, o estudo será aplicado também pelo Sindicato dos Trabalhadores no Poder Judiciário Federal no Estado de Santa Catarina (SINTRAJUSC), Sindicato dos Servidores da Justiça do Estado do Rio Grande do Sul (SINDJUSRS) e Sindicato dos Servidores do Poder Judiciário do Estado do Paraná (SINDIJUS-PR).

Os professores da UFSC que participam do processo são: as Doutoras Renata Silva de Carvalho Chinelato e Suzana da Rosa Tolfo Universidade Federal de Santa Catarina e o Mestre Renato Tocchetto de Oliveira. Os coordenadores do projeto são pesquisadores da área organizacional e do trabalho, especialmente da saúde do trabalhador. Os professores têm experiência em docência, orientação de bolsistas PIBIC, bem como estagiários de graduação e discentes de pós-graduação, em nível de especialização, mestrado e doutorado, além de experiências prévias nas áreas clínica e projetos sociais.

O estudo será dividido em duas partes: a primeira, quantitativa, será realizada por meio de questionário demográfico para a identificação da amostra, bem como de questionários de autorrelato dos construtos investigados, tais como adaptação ao teletrabalho, suporte social, suporte organizacional e saúde mental. A segunda, qualitativa, com a organização de grupos focais com a realização de pesquisas  por meio de interações grupais.

“Como Sindicato, precisamos entender e conhecer profundamente as transformações no mundo do trabalho e os seus impactos. E o caminho para isso é fazendo formação e pesquisas; exatamente o que propõe o Fazendo Escola. Para buscar melhores condições de trabalho e consequente remuneração, precisamos entender e investigar qual a realidade dos servidores, por isso, a importância dessa pesquisa, que agora ganha relevo nacional com o envolvimento da UFSC”, expõe a Diretoria do SINJUSC Carolina Costa Rodrigues.

Fique atento ao site do SINJUSC para responder a pesquisa, sua participação é fundamental para nortear as ações sindicais em defesa dos seus direitos! Participe também da live no dia 14/10 e tire duas dúvidas!

SINJUSC SEMPRE NA LUTA!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *