Delegados relatam união, representatividade, lutas e importância da Fenajud

Delegação do SINJUSC no Congresso da FENAJUD

No último fim de semana, o SINJUSC deu um importante passo para fortalecer as Lutas coletivas dos trabalhadores do judiciário brasileiro e de Santa Catarina. Em uma eleição legitima e democrática, a direção do SINJUSC alçou a entidade à Coordenação da pasta de Saúde e Previdência da Federação. A delegação do Sindicato, composta por mulheres, homens, jovens e aposentados, de todas as regiões do Estado trabalhou com unidade e dedicação, à altura da importância da categoria no cenário nacional.

Simone Cristina Belloli, da Comarca de Criciúma, expõe a necessidade de sair da bolha do judiciário estadual e conhecer a realidade de outros estados.

“Os problemas que atingem os trabalhadores do Judiciário se repetem seja qual for a região. Falta de servidores, doenças ocasionadas pelo estresse e inúmeros casos de assédio moral são realidades nacionais. E estar preparado, formado e unido para Lutar contra, faz parte do processo de mudanças no qual desejamos para o nosso judiciário. Ter o apoio da Federação e dos demais sindicatos é importante para fazer pressão e reivindicar”.

A trabalhadora Nedi de Villa Moreira, da Comarca de São Miguel do Oeste  concorda que a troca de conhecimento para fortalecer as lutas reivindicatórias se faz com unidade, não somente da categoria aqui no Estado, mais com outros sindicatos.

“Saio do Congresso cada vez mais convencida de que os problemas que enfrentamos aqui vão muito além do meu umbigo. Se não me atentar para o que está acontecendo com outros setores da economia, não tenho dúvidas de que os próximos a ter os mesmos problemas seremos nós”.

A reflexão sobre união, luta estaduais e nacionais, aliada à representatividade é compartilhada também pela colega Gleydy Fioranelli, da Capital: “passamos por profundas mudanças políticas e sociais no Brasil. A importância do Sindicato participar das decisões e, ainda mais, ser parte da direção da Federação, me garante estar ativamente participando da luta contra as perdas que estamos tendo diariamente. Eu me sinto representada pelo SINJUSC e, portanto, me sinto dentro dessa luta que é de todos nós. A Federação proporciona união e é exatamente esse o caminho para conquistas. Federação e Sindicato são os instrumentos que temos para nos unirmos e lutarmos contra as injustiças trabalhistas, sociais e políticas”.

Confira a seguir mais depoimentos dos delegados:

– Andresa Silveira Feliciano, da Comarca de Içara

A participação nesse congresso foi uma experiência gratificante. Embora o clima de animosidade, compreensível diante de uma eleição que já indicava a mudança de uma direção que atuava há mais de 30 anos, predominou o sentimento de união e luta. Nos discursos, bem como nas conversas com colegas de outros Estados, percebemos que os problemas que enfrentamos aqui são os mesmos, não somos uma ilha e desse modo a luta tem que ser unificada também. Diante dos ataques aos direitos trabalhistas e de tanto retrocesso, acredito que a atuação efetiva da FENAJUD é imprescindível no enfrentamento dessas batalhas.

– Alessandra Ludwing, da Comarca de Ibirama

Foi super interessante participar do Congresso da Fenajud. Foi de fundamental importância a participação do nosso Sindicato, agora contando com um dos nossos diretores lá, numa pasta tão importante como a da Saúde e Previdência, com tantas mudanças que nos afetarão em breve. Sobre o calor dos debates que ocorreram na plenária, foi um pouco tumultuado, sim, mas onde há divergências de pensamento sempre pode haver um entrevero. Acredito que os envolvidos estavam tentando mostrar sua forma de pensar, alguns à força! Fiquei muito contente por ter participado. Foi um momento de aprendizado, de me sentir parte de algo maior, de estar lado a lado com pessoas que buscam lutar pelos nossos direitos! Foi uma honra!

– Dalmo Gerson Muniz, Aposentado da Comarca de Chapecó

Com certeza nossa Luta aqui em Santa Catarina ganhará mais força e motivação. Ter o suporte da Federação e dos Sindicatos filiados é ganhar força na reivindicação por melhores condições de trabalho e também pela valorização dos aposentados. Agradeço ao SINJUSC por ter participado e, no fim, tudo serviu para aprendizado, até mesmo os tumultos, que nos lembram a importância de manter calma e não dar palco a quem só quer tirar vantagem e atrapalhar quem, realmente, que lutar pelos trabalhadores.

Leia também 

+

NOTA DE ESCLARECIMENTO sobre X Congresso da Fenajud

SINJUSC eleito para Novo Tempo na FENAJUD

Assembleia elege delegados para Congresso da Federação

Para enfrentar a crise, o Sindicato é o caminho

SINJUSC integra Fórum Nacional em defesa da saúde do trabalhador

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *