Defasado desde maio de 2015, está na pauta o reajuste do auxílio-alimentação

O reajuste do auxílio-alimentação dos trabalhadores e trabalhadoras do judiciário catarinense será assunto da próximo reunião do Sindicato com a administração do Tribunal de Justiça, em junho. O auxílio está defasado desde 2015 e já acumula perda de 20% só com a inflação.

Item da pauta de reivindicações aprovada na assembleia do VIII Congresso de Itajaí no começo de maio – veja aqui -, o reajuste do auxílio-alimentação é muito importante para manter o poder de compra dos trabalhadores e trabalhadoras, especialmente daqueles que recebem menos, diante da inflação.

A recomposição do auxílio-alimentação é tão importante que no ano passado 40 comarcas se mobilizaram solicitando o reajuste, durante reunião do Sindicato que tratou do tema com a presidência do Tribunal. Veja aqui.

A recomposição da inflação no auxílio pode ser facilmente absorvida pelo judiciário. O Sindicato tratou deste assunto aqui. Além de corroer o poder de compra, o atraso no reajuste do auxílio-alimentação também prejudica juízes e juízas.

Aqui se encontram textos publicados pelo Sindicato sobre auxílio-alimentação.

SINJUSC 30 anos em Luta em favor da categoria! Filie-se AQUI.

2 Comentários

  1. “A recomposição da inflação no auxílio pode ser facilmente absorvida pelo judiciário. O Sindicato tratou deste assunto aqui. Além de corroer o poder de compra, o atraso no reajuste do auxílio-alimentação também prejudica juízes e juízas.”

    Não entendi esse final da frase…
    Gostaria de que me explicassem, por favor.
    Grata,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *