Data-base e auxílios devem ser votados em 15/12; TJ precisa reajustar médico-social

Arquivo SINJUSC

O SINJUSC segue monitorando e cobrando que o Tribunal vote o acordo feito com a categoria de recompor a inflação e os auxílios creche e alimentação. A expectativa que é as minutas que tratam sobre os pagamentos sejam votadas na próxima semana, dia 15 de dezembro, no Órgão Especial.

 O sindicato está organizando uma ação direta online e convoca os servidores a ficaram em vigília e participarem! Também está tentando audiência com a presidência para chancelar a votação!

Após a aprovação no Órgão no Especial, os pagamentos devem ser feitos na folha de janeiro. Confira abaixo o que foi negociado:

DATA-BASE|

TJSC terá o cálculo do reajuste inflacionário estendido até dezembro de 2021 (maio de 2020 até dezembro de 2021), o que gera este índice em torno de 15%, que irá se confirmar nos próximos meses.

AUXÍLIO-ALIMENTAÇÃO|

Majoração do auxílio-alimentação, com adoção de valor próximo ao pago aos servidores do TCE/SC, indexando-o em 15% do padrão remuneratório J-12 (aumento de R$ 1.392 para R$ 1.840,00.)

AUXÍLIO-CRECHE

Reajuste no auxílio-creche de R$ 652,30 para R$ 766,00.

LUTA PELOS APOSENTADOS|

O Tribunal ainda tem pendências com os servidores aposentados, já que não aceitou reajustar o auxílio médico-social. Por isso, o SINJUSC segue as tratativas pela equiparação do benefício ao auxílio-alimentação ou pela reposição inflacionária do auxílio, isso é mínimo, isso é um Direito!

REAJUSTE É DIREITO!

O SINJUSC reforça que os pagamentos são fruto do intenso trabalho de negociação e pressão da categoria, motivadas e organizadas pelo Sindicato, que passou o ano inteiro de 2021 realizando reuniões, quase semanais, com o Tribunal. A Campanha “Negocia,TJSC” teve ampla adesão dos servidores e foi fundamental no processo de reconhecimento dos pagamentos.

Avanço nas negociações da data-base para janeiro de 2022

Governo prepara reajuste ao executivo, SINJUSC intensifica luta pela data-base

Mantido estado de greve contra PEC 32 e em defesa da data-base

Além disso, o SINJUSC também oficializou o Tribunal diversas vezes fundamentando o pedido com base nos cálculos do Dieese, sempre evidenciando que era financeiramente possível valorizar a categoria! E assim, A Luta venceu! E só ela garante!

E a data-base? Tribunal tem superávit que ultrapassa R$ 286 milhões

Arrocho salarial, carestia e reforma da previdência: quanto a insensibilidade do Tribunal custa aos servidores?

Há recursos e previsão na LOA, Tribunal precisa pagar categoria

3 Comentários

  1. Boa tarde. Pergunto se contribuinte do SC Saúde, tem direito ao Auxílio Médico Social, ou se uma coisa não tem nada a ver com a outra. Obrigado !

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *