10 motivos para participar da Greve Geral contra a PEC 32

O SINJUSC conclama os servidores a participarem da Greve Geral contra o desmonte do Serviço Público, no dia 18 de agosto. A adesão da categoria a movimentos grevistas foi deliberada na assembleia do dia 14 de julho. Em Florianópolis, a direção do SINJUSC convoca os colegas para presença, a partir das 16h, na frente da Catedral.

O movimento nacional, deliberado no Encontro Nacional de Servidores e Servidoras do Setor Público, realizado em 30 de julho, é um chamado de unidade pelas centrais sindicais e teve como resultado a construção de um manifesto que aponta o caminho para o combate à Proposta de Emenda à Constituição nº 32/2020, conhecida como PEC da Reforma Administrativa.

Diversas ações ocorrem em Santa Catarina, via organização do Fórum dos Servidores Estaduais de Santa Catarina: Campanha Chega de Mitos (Redes Sociais), carro de som, inserções em rádios, entre outras ações. Na última sexta, a Direção do SINJUSC desarticulou os argumentos falaciosos sobre o serviço publico, durante fracassada audiência pública realizada pela Fiesc para atacar os servidores.

10 RAZÕES PARA AGIR CONTRA A REFORMA ADMINISTRATIVA (PEC 32)|

1 – O FIM DO SUS | No lugar de um sistema de saúde universal que salva vidas, o governo quer implantar vale-saúde e planos de quinta categoria, deixando o povo na mão.

2 – PRIVILÉGIOS DA ALTA CÚPULA DO ESTADO MANTIDOS | A maioria dos servidores são municipais assalariados, a maior parte com salário médio de R$ 2,8 mil. São os mais atingidos. Estão de fora juízes, parlamentares e militares

3 – PIORA NO ATENDIMENTO À POPULAÇÃO | O Brasil tem poucos servidores públicos em relação à sua população: são 5,6% enquanto a média dos países ricos incluindo EUA, França, Alemanha é 10%.

4 – FIM DA ESCOLA PÚBLICA | Além de educar as crianças, a Escola Pública tem uma rede de proteção alimentar, parte fundamental da política de assistência social.

5 – AUMENTO DO DESEMPREGO | O investimento em assistência social e serviços públicos gera renda e empregos no setor privado. Sem isso, o desemprego aumenta.

6 – ACABA COM A VACINAÇÃO PÚBLICA E GRATUITA | As vacinas contra a Covid-19 só existem porque a Fiocruz e o Instituto Butantan são órgãos do Estado. E porque o SUS é público e está presente em todo o país.

7 – FIM DOS CONCURSOS, VOLTA DO APADRINHAMENTO | O concurso público é o que garante a contratação de trabalhadores sem nenhum tipo de influência política, filosófica ou religiosa. Sem isso é a volta dos ‘trens da alegria’.

8 – AUMENTO DA DESIGUALDADE SOCIAL | Menos serviço público é mais injustiça porque são os mais pobres que mais necessitam.

9 – FACILITA A CORRUPÇÃO E AS MAMATAS | Pois acaba com a estabilidade dos servidores públicos, que ficam submissos aos desmandos de governos de plantão.

10 – MAIS DESMATAMENTO, SÊCAS, QUEIMADAS, MATANÇA DOS ANIMAIS| O governo quer desmantelar órgãos ambientais que protegem a agricultura e a vida como o IBAMA e o ICMBIO.

PRESSIONE SEU DEPUTADO

 Para somar na luta contra a reforma, acesse o banner “Na Pressão contra a PEC 32”. Objetivo é o envio em massa de mensagens aos deputados federais eleitos por Santa Catarina. Envie sua mensagem!

Junte-se à luta! Diga NÃO à Reforma Administrativa!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *